quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Como namorar segundo a vontade de Deus, será que e pecado esse negocio de "ficar".

                    Como deve ser o namoro
 
 O namoro é um relacionamento muito bonito entre um rapaz e uma moça, onde eles se conhecem para se prepararem para um casamento, por isso é algo muito sério, não pode ser vivido de qualquer forma e sem responsabilidade, pois se isso acontecer alguém pode sair machucado.Para se viver bem o namoro é preciso ter maturidade, deixar de lado egoísmos do tempo de criança e pensar no bem do outro, namoro não é só pegar na mão, abraçar e beijar, mas é conhecer o outro, se deixar conhecer, partilhar, conversar…
Primeiro, fuja da impureza (1 Coríntios 6:12-20). A união física de um homem e uma mulher tem que ser depois do casamento, não antes. Isto é verdade, não importa quanto eles se amam e não importa que eles planejem casar-se logo. Os padrões morais do homem podem estar mudando, mas os de Deus não. E Deus é aquele que nos julgará. Para fugir da fornicação, precisamos afastar-nos dela. Casais que estão namorando precisam tomar cuidado com o contato físico que leva à fornicação. Deus nos criou de maneira que certos tipos de contato levam ao desejo de intimidade física. No casamento, isto é certo e digno; no namoro, tanto a união física como os passos que levam a ela são sensuais, concupiscentes, lascivos e portanto errados. Fuja da imoralidade sexual!

Segundo, em nossa sociedade, o namoro é normalmente um passo antes do casamento. Deus ensina que os esposos devem amar suas esposas. Portanto, um jovem deverá escolher a moça que ele esteja certo de que a quererá amar para sempre. Deus diz às esposas para se submeterem aos seus maridos. Uma jovem deverá escolher um homem a quem ela esteja segura de que não se importará em se submeter (Efésios 5:22-33). O divórcio não é uma opção dada por Deus em um casamento infeliz (Mateus 19:3-9), portanto é muito melhor ser cuidadoso e se casar com uma pessoa com a qual terá felicidade durante a vida inteira.

Finalmente, em tudo deverei esforçar-me para agradar a Deus, em primeiro lugar (Mateus 6:33). Eu deverei ir a lugares, fazer coisas e dizer coisas que eu sei que Deus aprovará. Tagarelice, egoísmo, indelicadeza, embriaguez, orgias, são condenados por Deus, em qualquer situação.                     





                             E quanto ao “ficar”?
O “ficar” é um ato irresponsável, de abuso do outro e de si mesmo, não traz felicidade, mas ao contrário, gera um enorme vazio interior, pois é impossível amar de verdade aquilo que não se conhece; e não se conhece de verdade uma pessoa em um dia, em uma festa, em um beijo. Para namorar é preciso ter confiança na pessoa, saber o que a faz feliz e o que a entristece e deixar que o outro te conheça também.

A fase da pré-adolescência ou até mesmo na juventude é um período de descobertas, mas Deus quer que nós sejamos puros, portanto, é bom esperar em Deus, pois ele sabe o que cada pessoa precisa e sempre manter o diálogo com seus pais que saberão te ajudar a descobrir o momento certo de namorar, porque eles te amam de verdade. Não é porque seus amigos estão ficando ou namorando que você precisa fazer isso também, na hora certa Deus vai te abençoar e você vai encontrar alguém que vivera ao seu lado muitos e muitos anos, é melhor saber esperar e viver as coisas no tempo certo. Assim você será muito mais feliz!

 O jovem hoje tem uma imensa necessidade querer “a prova” quando o assunto é bíblico.
Quando Cristo estava no deserto, o diabo o tentou usando a própria palavra de Deus, mas Cristo o repreendeu a todas suas tentativas também na palavra de Deus, mas hoje ele faz diferente.
E o diabo tem usado muitos jovens e adolescentes nesse sentido. Por que, muitas coisas que vivemos hoje, não são descritas na bíblia com clareza e o diabo cria situações onde, as coisas que vivemos hoje que é pecado, mas está claramente escrito na bíblia torne algo sem valor. Afinal de contas, na bíblia não fala sobre isso. É assim que o diabo age. Astutamente.

Ficar é brincar de estar amando, é o cortejo irresponsável, momentâneo, sem futuro. É um tipo de brincadeira perigosa, como quem brinca com fogo. Ficar é uma maneira de manipular alguém mediante conversas e atitudes que podem seduzir física e emocionalmente, isto sem falar na defraudação moral e emocional para com esta. Ficar por ficar é algo que foge completamente aos princípios do namoro cristão. Além do mais é muito difícil “ficar” sem que não haja um envolvimento emocional, e isso acaba machucando.
Observe as conseqüências negativas do ficar:

(1) incentiva paixões e hábitos impuros levando o jovem cristão a ser controlado por emoções e não pela Palavra;
(2) incita à infidelidade e à mentira (Jo 8.44);
(3) ataca a moral cristã, ou seja, defrauda a imagem do jovem cristão perante a sociedade e a Igreja;
(4) incentiva as paixões da carne (II Tm 2.22).
No que tange a sua vida sentimental o jovem cristão deve procurar viver de acordo com a Palavra de Deus, ou seja, orar buscando a direção do Senhor para namorar e casar e não permanecer “ficando” e se depreciando por curtos momentos de euforia e prazer. A questão do ficar leva à intimidade em que moços e moças se permitem tocar ou acariciar as partes intimas do corpo, ou através da roupa ou em contato direto. Concluo afirmando que a prática do ficar é pecado e que o jovem leitor deverá mudar seu comportamento se quiser agradar a Cristo e subir no dia do arrebatamento da Igreja. Ou você prefere “ficar”?


Se você gostou deixe seu comentario. deixe também alguma dica de postagem.