sexta-feira, 13 de maio de 2011

Os sinais da volta de Jesus cristo a cada dia esta se cumprindo, terremoto em Lorca cidade Espanhola.


Os sinais da volta de Jesus cristo a cada dia esta se cumprindo, terremoto  em Lorca cidade Espanhola.
Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes e tribulações. Estas coisas são os princípios das dores. Marcos 13:8


Lorca - Pelo menos oito pessoas morreram após por um terremoto de 5,2 graus de magnitude que atingiu ontem a cidade espanhola de Lorca, na região de Múrcia, sudeste do país. A maioria das vítimas fatais e das dezenas de feridos estava em prédios que desabaram totalmente. Os terremoto de ontem foi considerado o mais grave nos útimos 50 anos na Espanha.
O sismo ocorreu por volta das 18h45 no horário local, duas horas após outro tremor de 4,4 graus na escala Richter. O epicentro foi a cerca de sete quilômetros de Lorca, de 92 mil habitantes, mas o tremor foi sentido em quase toda a regiã<摼ţ> o e em províncias vizinhas.

Entre os mortos há pelo menos um menor de idade. Dois dos feridos estão em estado muito grave. Com medo de tremores secundários, centenas de moradores foram para parques, e as ruas do centro ficaram desertas.

Um hospital teve que ser evacuado e partes de construções medievais, como o campanário de uma igreja, acabaram desmoronando. A cúpula do Santuário Virgen de las Huertas, a padroeira da cidade, também acabou sendo parcialmente destruída. A cidade já havia sido sacudida por outro terremoto — de 4,7 graus na escala Richter — em 2005. Na ocasião, ninguém morreu, mas 10 mil pessoas ficaram desabrigadas.

Na Espanha, o último terremoto que causou mais vítimas que o de ontem foi na província de Granada, na região da Andaluzia, em 1956. Na ocasião, os tremores causaram a morte de 12
pessoas.



O presidente da Comunidade Autônoma de Múrcia, Ramón Luis Valcárcel, disse nesta quinta-feira ao jornal espanhol El País que 80% das casas de Lorca, sudeste da Espanha, foram danificadas pelo terremoto de 5,1 graus de magnitude que se seguiu a outro de 4,5 e deixou nove mortos e 260 feridos - três deles com gravidade - na quarta-feira na cidade. Também há um desaparecido.
O terremoto de 5,1 graus atingiu Lorca duas horas após o tremor de 4,4 graus, deixando, além dos mortos e feridos, importantes danos em casas e prédios históricos. De acordo com a Agência Geológica dos EUA, o abalo sísmico de 5,1 ocorreu a apenas 1 km de profundidade. Com epicentro a sete quilômetros de Lorca, ele foi sentido em quase todo o território regional e em províncias limítrofes.
Nos trabalhos de busca, resgate e ajuda à população atingida trabalham ao menos 420 militares, assim como mais de 200 voluntários de Defesa Civil e dezenas de bombeiros.
A Unidade Militar de Emergências instalou três grandes acampamentos para atender os desabrigados. O tremor é o mais grave dos últimos 50 anos na Espanha e o primeiro com mortos desde um em 1969, quando quatro pessoas morreram de ataques cardíacos.
No entorno de Lorca serão registrados nos próximos dois meses pequenas réplicas, disse o diretor da Unidade de Registros Sísmicos da Universidade de Alicante, José Juan Giner. O primeiro vice-presidente do governo espanhol e ministro do Interior, Alfredo Pérez Rubalcaba; a titular da Defesa, Carme Chacón; e Mariano Rajoy, líder do conservador Partido Popular (PP), o principal da oposição na Espanha, viajaram nesta quinta-feira à cidade.
Os principais partidos políticos suspenderam os atos eleitorais na Espanha, imersa na campanha eleitoral para a votação regional e municipal de 22 de maio.
Dos oito primeiros mortos confirmados na quarta-feira - quatro homens, um adolescente de 14 anos, e três mulheres, sendo duas grávidas - já foram identificados, segundo a prefeitura.
Os feridos foram atendidos pelas unidades de emergências nos hospitais de campanha habilitados em Lorca e os 30 mais graves transferidos para hospitais da região.
Dos feridos, três estão em situação grave, mas evoluem de maneira favorável, disse o prefeito de Lorca, Francisco Jódar. Os feridos mais graves, que estão internados em um hospital da cidade vizinha de Múrcia, são uma criança e duas mulheres, uma delas com politraumatismo severo.
Entre 10 mil e 15 mil abandonaram suas casas e passaram a noite em parques, praças e estacionamentos da cidade pelo medo de tremores secundários e desabamentos. Em um primeiro momento foram acolhidos 8 mil desalojados nos abrigos, número que diminuiu ao longo da noite, na medida em que muitos encontraram abrigo em casas de familiares, disseram fontes municipais.


2 comentários:

  1. Tem horas que a melhor resposta é ficar calado .
    Deixar que a voz do silêncio fale por você
    Tem horas que a dor machuca mas faz bem á alma
    Tem horas que pra se ganhar é preciso perder
    Tem horas que o remédio que cura não faz mais efeito
    Tem horas que o sonho adormece pra você acordar
    Tem horas que é preciso enxergar lá no final do túnel
    Pra você ver que se perdeu , e se encontrar .
    A oração é o melhor remédio que Jesus receitou
    Na oração você encontra forças pra ser vencedor
    A oração abate o homem exaltado pra se consertar
    A oraçao traz o crente congelado ao primeiro amor
    Deserto é sinal que a vitória vai chegar
    Só é um vencedor quem tem história pra contar
    Ninguém nasce sabendo , você tem que glorificar no vale .
    Se tem que pagar preço é bem melhor pagar
    Na prova ninguém perde , só tem a ganhar
    Deserto um dia vira palco e teus inimigos
    Vão te assistir , te aplaudir de pé .

    DEUS É FIÉL NA SUA VIDA ! ! !

    ResponderExcluir
  2. Que Deus te abençoe poderosamente Diacono Sergio Christino, obrigado pelo comentário inspirado por Deus, volte sempre estou te esperando aqui eh.....

    ResponderExcluir